O que é Minha Casa Minha Vida, Como Contratar o benefício de imóveis

Como contratar o Minha Casa Minha Vida

O programa Minha Casa Minha Vida é uma iniciativa do governo federal, a fim de disponibilizar condições de pagamentos de imóveis, com taxas de juros abaixo da média e financiamento para esses contratos em questão.

Além disso, as moradias oferecidas pelo programa podem ser urbanas e rurais, contando com imóveis garantidos pelo poder público.

O programa tem parceria com alguns estados e municípios do país, a fim de oferecer a oportunidade da casa própria para moradores com baixa renda per capita, onde pode-se usar o FGTS para a entrada do imóvel.

Abaixo esclarecemos algumas dúvidas frequentes dentre os habitantes que se interessam por esse tipo de programa ofertado pelo governo. Citaremos também, os quesitos exigidos pelo banco, às pessoas que possuem interesse de aquisição do serviço.

O que é o Minha Casa Minha Vida?

Há alguns anos o Governo disponibilizou às famílias de baixa renda, a oportunidade de adquirir a casa própria, com custos baixos e acessíveis a todos os níveis de acomodação.

Oferecendo, nessas moradias a segurança, o saneamento básico e muitos outros fatores.

Além disso, o programa conta com diversos parceiros que auxiliam na aquisição de uma nova moradia. Sendo eles: Poder público, Entidade sem fins lucrativos, Empresas do ramo da construção civil, dentre outros.

Além disso, inúmeras acomodações desse projeto foram construídas em vários municípios espalhados pelo país, a fim de oferecer esses serviços aos moradores dessas cidades.

Quem pode aderir ao programa de imóveis Minha Casa Minha Vida?

O Minha Casa Minha Vida é um programa que é ofertado em 4 modalidades de faixas de rendas contempladas pelo benefício.

São elas: Famílias com renda de até R$1.800,00, onde as prestações do financiamento não passaram de R$80,00.

Famílias com renda de até R$2.600,00, onde as prestações não podem ultrapassar a margem de 5% ao ano, nas taxas de juros.

Famílias com renda de até R$4.000,00, onde são ofertados subsídios de até R$ 29.000,00 e famílias com renda de até R$7.000,00, onde as condições são mais acessíveis, dentro dos valores do mercado de imóveis.

Como contratar o programa?

O primeiro passo é cumprir uma condição de contrato exigido pela União, a fim de controle de beneficiários. sendo: renda familiar compatível com o benefício continuado, não ser proprietário de nenhum imóvel e não ter recebido sequer um benefício de natureza habitacional.

Seguindo do porte de um documento com foto, de identificação oficial.

O interessado deve se cadastrar na prefeitura da cidade ou alguma entidade organizadora, a fim de ter conhecimento do valor a ser investido e de todas as parcelas a serem pagas no fim do benefício.

Leia também: 

Empréstimo Pessoal Santander

Empréstimo Consignado INSS → BV Financeira

Em seguida o contrato é analisado pelas prefeituras do município onde o imóvel está localizado, e será realizado um sorteio dentre os imóveis disponíveis e no caso de aprovação e validação do mesmo, o contrato de financiamento já será assinado pelo contratante.

Lembrando que a aquisição do programa está condicionado a Caixa Econômica Federal e também a parceiros do governo aptos para disponibilizarem do benefício. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima