Seguro Desemprego – Consulta, Parcelas E 0800

Passando por uma crise econômica e de saúde, o Brasil está com uma grande quantidade de pessoas desempregadas e dessa forma, a solicitação do Seguro Desemprego se tornou mais do que importante.

Aliás, para ter saber mais informações sobre o Seguro Desemprego, a Caixa disponibiliza um telefone gratuito, ou melhor, 0800, para que os solicitantes esclareçam todas as dúvidas.

E pensando em ajudar as pessoas que estão necessitando obter o Seguro Desemprego criamos esse artigo onde vamos disponibilizar todas as informações possíveis.

Seguro Desemprego – telefone 0800

seguro desemprego

Bem, antes de entrarmos de fato em tudo que envolve o Seguro Desemprego, vamos deixar claro que esse benefício está disponível para as pessoas que foram demitidas sem justa causa, sendo pago entre 3 e 5 parcelas.

Contudo, uma série de questões devem ser levadas em conta.

E pensando em ajudar esse trabalhador que está desempregado, a Caixa disponibiliza um telefone 0800 para que haja o esclarecimento de dúvidas.

E através desse número é possível ficar por dentro de todas as informações sobre a quantidade de parcelas, tempo mínimo necessário que o trabalhador tem direito ao Seguro Desemprego e como seguir caso a solicitação do beneficio esteja sendo realizada pela segunda vez.

Seguro Desemprego – regras

A primeira e principal regra para ter acesso ao Seguro Desemprego é que o trabalhador deve ter sido demitido sem justa causa. No entanto, existem outras regras que o trabalhador deve seguir.

E para começar, o trabalhador deve ter trabalhado por no mínimo 1 ano (12 meses) e se esse critério não for atendido, o trabalhador não terá direito ao Seguro Desemprego.

Além disso, devemos destacar que o trabalhador pode ter acesso ao Seguro Desemprego mais de uma vez.

Dessa forma, se a solicitação estiver sendo realizada pela segunda vez, o trabalhador deve ter trabalhado durante 9 meses de forma remunerada e a carteira de trabalho deve ter assinada também por 9 meses.

E para quem for solicitar o Seguro Desemprego pela terceira vez, o tempo trabalhado mínimo deve ser de até 6 meses.

Ah, e outra informação bem importante é que para direito ao Seguro Desemprego, o trabalhador não deve, ou melhor, não pode de forma alguma está exercendo outra atividade de forma remunerada com a carteira de trabalho registrada, ou seja, assinada. Inclusive, durante o recebimento do benefício.

Além disso, caso o trabalhador tenha começado a trabalhador enquanto está recebendo o Seguro Desemprego, a Caixa deve ser informada de forma imediata sobre o novo trabalho.

Vale salientar que em caso de dúvidas, a Caixa disponibiliza o telefone 0800 para esclarecimentos.

Contudo, para pode receber o Seguro Desemprego, o trabalhador deve atender a todas as regras exigidas pela Caixa e a documentação deve estar toda correta. Feito isso, é possível iniciar a solicitação.

E para dar inicio ao processo de solicitação, o trabalhador deve se dirigir até o SINE (Sistema Nacional de Emprego) ou até o SRTE (Superintendência Regional do Trabalho e Emprego). Além disso, o trabalhador pode procurar qualquer outro posto de atendimento no Ministério do Trabalho que esteja funcionando dentro de sua cidade.

Outro ponto importante é que se o trabalhador possuir uma conta na Caixa, podendo ser poupança ou conta corrente, a parcela do Seguro Desemprego é depositada automaticamente nessa conta.

E para sacar o beneficio, o trabalhador pode se dirigir a uma Casa Lotérica, Autoatendimento de Caixa ou ainda qualquer agência Caixa.

Mas para isso, o trabalhador deve ter em mãos o Cartão Cidadão com a senha cadastrada.

Parcelas do Seguro Desemprego

Bem, o trabalhador deve entender ainda que as parcelas do Seguro Desemprego são calculadas de acordo com a média dos últimos três meses de trabalho, ou seja, o valor e a quantidade de parcelas serão de acordo com esses três meses.

E para realizar a solicitação do Seguro Desemprego são necessários os seguintes documentos:

  • Os últimos holerites ou contracheques que foram recebidos antes de a dispensa ocorrer
  • Carteira de Trabalho ATUALIZADA
  • Comprovante de residência atualizado (últimos três meses)
  • RG (Documento de Identidade)
  • CPF
  • Cartão PIS/Pasep
  • Documento que comprove o nível de escolaridade
  • Extrato de FGTS ou outro documento que comprove que os depósitos foram realizados
  • Termo de rescisão contratual
  • Requerimento do Seguro Desemprego que foi fornecido pela empresa na hora da demissão

0800 do Seguro Desemprego

seguro desemprego

E para ter acesso a mais informações e esclarecer dúvidas sobre o Seguro Desemprego, o número disponível é o 0800 726 0207.

Vale salientar que esse número está disponível para atendimento de segunda a sexta das 8 horas as 22 horas e nos sábados entre 10 horas e 16 horas.

Telefone para agendamento do Seguro Desemprego

E para realizar a solicitação do Seguro Desemprego de forma mais tranquila existe a opção do agendamento, que pode ser realizada pelo site da Caixa Econômica Federal.

E ao acessar a página do agendamento selecione o estado e o município, o tipo de atendimento que o solicitante deseja (escolher a opção Seguro Desemprego), devendo ainda digital o código de segurança que estará disponível.

E não deixe de escolher a melhor data e o melhor horário para o agendamento.

O telefone para o agendamento é o seguinte: 0800 726 0101.

Veja também:

+ Solicite o Seguro Desemprego pela internet – veja como fazer.

+ + Documentos necessários para solicitar o Seguro Desemprego.

Seguro Desemprego através do telefone 158

Outra possibilidade disponível para o esclarecimento de dúvidas sobre o Seguro Desemprego é através do número de telefone 158.

E através desse número, todas as dúvidas serão esclarecidas eletronicamente através das perguntas que foram pré-cadastradas no banco de dados. E se a sua dúvida não estiver nesse banco de dados, um atendente do Ministério do Trabalho vai retornar a ligação para o trabalho em até 5 dias úteis.

seguro desemprego

Aviso Legal!

O Consulta Beneficio consultabeneficio.com, não solicita em nenhuma situação quantia em dinheiro para liberação de qualquer tipo de produto financeiro. Não temos vínculo com as marcs divulgadas. Não somos instituição financeira. Somos um site de conteúdo informativo. Trabalhamos para manter todas as informações atualizadas sempre que possível. Você pode consultar essas informações nos sites das instituições/provedores financeiras oficiais.

Para mais informações sobre o Consulta Beneficio (consultabeneficio.com/disclaimer) acesse nosso aviso legal em consultabeneficio.com/disclaimer!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima