Seguro Desemprego 2020: Seu Dinheiro No Bolso

O Seguro Desemprego é um dos mais importantes direitos que os trabalhadores podem receber. Através dele, é possível colocar as contas em ordem e se reorganizar financeiramente para se colocar mais uma vez no mercado de trabalho.

O Governo Federal oferece o Seguro Desemprego por período de tempo determinado através de parcelas que vão de 3 a 5 vezes. Elas podem ser consecutivas e alternadas.

Veja quem tem direito ao Seguro Desemprego

Seguro Desemprego

Para receber o Seguro Desemprego, o trabalhador não pode ter sido desligado da empresa por justa causa, confira:

1 – Todo e qualquer trabalhador formal e doméstico, e o trabalhador que foi dispensado de forma indireta;

2 – O trabalhador que esteja participando de algum curso pago pela empresa ou pelo empregador, e o trabalhador que também esteja participando de algum curso de qualificação profissional;

3 – O pescador que não pode exercer a profissão em virtude do período de defeso;

4 – Todo e qualquer trabalhador que foi resgatado do trabalho escravo ou algo parecido;

5 – Requerimento do beneficio se estiver desempregado;

6 – Em caso de recebimento de salário de pessoa física e jurídica igual jurídica com o nome no CEI;

7 – Não ter renda para poder sustentar a si próprio ou a família;

8 – A pessoa que não estiver recebendo prestação continuada da Previdência Social.

Seguro Desemprego: períodos para solicitar

Para receber o Seguro Desemprego, o trabalhador deve ser estar atento aos períodos.

– Trabalhador formal: a partir do 7° dia até o 120° do desligamento da empresa;

– Pescador: durante o defeso. E em até 120 dias do início da proibição;

– Trabalhador doméstico: a partir da data de demissão, do 7° ao 90° dia;

– Trabalhador que esteja em algum curso de aperfeiçoamento: durante todo o período da suspensão do contrato de trabalho;

– Trabalhador resgatado do trabalho escravo ou algo parecido: em até 90 dias a partir do momento do resgate.

+ Bolsa Família 2020 – se inscreva agora.

++ Empréstimo Pessoal de R$ 500 a R$ 4,000 – consulte.

Seguro Desemprego – veja como requerer

Ao local mais próximo da sua casa e de preferência, o trabalhador deve estar com os seguintes documentos em mãos:

  • Comunicado de Dispensa – CD (marrom) e Requerimento do Seguro Desemprego – SD (verde);
  • Documento de rescisão do Contrato de Trabalho junto com o Termo de Quitação de Rescisão do Contrato de Trabalho ou o Termo de Homologação de Rescisão do Contrato de Trabalho;
  • Carteira de Trabalho;
  • RG ou Certidão de Casamento ou Certidão de Nascimento ou CNH ou Passaporte ou Certificado de Reservista;
  • Documento que comprove a inscrição no PIS/PASEP;
  • Comprovante de depósitos do FGTS;
  • CPF;
  • Os dois últimos contracheques ou recibos de pagamentos em caso de trabalhador formal.

Veja como ter acesso à liberação da parcela do Seguro Desemprego

Para ter acesso à parcela Seguro Desemprego, você deve se dirigir a um dos pontos de solicitação mais próximo da sua casa e a liberação vai ocorrer 30 dias após a solicitação ou ao saque da parcela anterior.

Para questionar o valor da parcela ou as datas da sua movimentação, você deve procurar o Ministério do Trabalho.

A retirada do seu benefício pode ser através da sua conta Poupança ou conta Caixa Fácil. Para isso, a conta deve ser individual e deve ter saldo.

Você ainda pode receber nas Casas Lotéricas, correspondente Caixa Aqui, Autoatendimento Caixa ou nas agências Caixa.

Seguro Desemprego → veja qual o valor que você tem direito

Para e todo e qualquer trabalhador que tem direito ao Seguro Desemprego, o valor das parcelas é determinado pelo Ministério do Trabalho.

1 – Trabalhador Formal: média dos últimos três salários anterior à dispensa;

2 – Pescador artesanal: 1 salário mínimo;

3 – Empregado doméstico: 1 salário mínimo;

4 – Trabalhador resgatado do trabalho escravo: 1 salário mínimo.

Seguro Desemprego – mais informações

Para obter mais informações sobre Seguro Desemprego, consultar todas as condições, entrar em contato com a Caixa Econômica ou encontrar a agência mais próxima da sua casa, você pode acessar o site ou ligar para o número: 0800 726 0207.

0800 726 0101 – SAC.

0800 725 7474 – Ouvidoria.

Seguro Desemprego

Aviso Legal!

O Consulta Beneficio consultabeneficio.com, não solicita em nenhuma situação quantia em dinheiro para liberação de qualquer tipo de produto financeiro. Não temos vínculo com as marcs divulgadas. Não somos instituição financeira. Somos um site de conteúdo informativo. Trabalhamos para manter todas as informações atualizadas sempre que possível. Você pode consultar essas informações nos sites das instituições/provedores financeiras oficiais.

Para mais informações sobre o Consulta Beneficio (consultabeneficio.com/disclaimer) acesse nosso aviso legal em consultabeneficio.com/disclaimer!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima